Pesquisar este blog

terça-feira, 14 de novembro de 2017

De calças arriadas: meus fundos

Calma, este não se trata de um post contra a moral e bons costumes. É só a continuação do post detalhando minha carteira.

Fundos de investimento foram meu primeiro investimento fora da caderneta de poupança. Não sei explicar direito porque, mas acho que foi provavelmente em algum momento que percebi que os fundos de renda fixa do banco rendiam mais que a poupança. Ações ? Coisa de gente rica, eu pensava na época.

Os anos se passaram e num certo momento os fundos superaram a poupança na composição da minha carteira. Quando comprei meu apartamento zerei a poupança, retirei muita grana dos fundos porém estes continuaram. Ainda tem o maior percentual da minha carteira mas pretendo diminuir, realocando para ações, FIIs e tesouro direto. Quero manter apenas os multi-mercados e um renda fixa ou DI, este para reserva de emergência ao lado do Tesouro SELIC. Esse ano por exemplo comprei todos meus FIIs com recursos vindos de fundos de renda fixa que eu tinha.

Taxa de administração obviamente tem que ser baixa, porém também olho o histórico do fundo. Se a taxa é relativamente alta mas a rentabilidade também, tudo bem. A pior parte desse tipo de investimento a meu ver é o maldito come-cotas, onde nosso querido governo duas vezes por ano leva uma parte do lucro.

Neste post do Clube dos Poupadores tem umas simulações mostrando o efeito danoso do come-cotas. Por outro lado, temos que ver bem com o que se compara, como explica educador financeiro André Bona no vídeo abaixo.


Eu vejo fundos como investimento de médio prazo (2 a 4 anos no máximo), que não pode ser comparado a Tesouro Direto que é algo mais pra longo prazo, mas pode ser comparado a títulos privados - CDB, LCx e LC.

Clique aqui para ver um gráfico com a rentabilidade de todos meus fundos. Abaixo alguns comentários e o percentual que cada um ocupa na carteira de fundos:


AF INVEST FUNDO DE INVESTIMENTO RENDA FIXA CRÉDITO PRIVADO GERAES: entrei esse ano. Baixa taxa de administração e rentabilidade decente pra renda fixa. Liquidez D+1, alocação 7,5%

BNP PARIBAS ACTION FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO AÇÕES: esse eu contabilizo como "Ações" na minha carteira. Entrei pela rentabilidade decente aliada a moderada taxa de administração. Basicamente quando não sei em qual ação aportar e quero aportar em renda variável, aporto nele. Liquidez D+4, alocação 2,5%

EXODUS 60 FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO CRÉDITO PRIVADO: recomendação do assessor da XP... entrei pra ver qual é e vou manter por algum tempo. Liquidez D+60, alocação 4,3%

ITAÚ PERSONNALITÉ SELEÇÃO MULTIFUNDOS MULTIMERCADO FUNDO DE INV EM COTAS DE FUNDOS DE INV: um dos poucos fundos interessantes do Itaú, pretendo manter. Um dos maiores da minha carteira. Liquidez D+32, alocação 22,3%

CAPITAL PERFORMANCE FIX MULTIMERCADO - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO: dos fundos que tenho é o mais antigo, tendo sido minha primeira tentativa fora de renda fixa e DI. Pretendo liquidá-lo ano que vem pois tenho multi-mercados melhores agora. Liquidez D+1, alocação 6,9%

ITAÚ PERSONNALITÉ RENDA FIXA PRÉ LONGO PRAZO-FDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO: renda fixa com ótimo desempenho, ia diminuir posição mas vou deixar rolar mais um pouco. Liquidez D+0 se resgatar antes do meio dia, alocação 30,2%

ITAÚ PERSONNALITÉ RENDA FIXA MAXIME - FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO: rentabilidade medíocre, por ter liquidez imediata uso de reserva de emergência apenas. Alocação 6,4%

XP GOLD FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO: entrei nesse pra diversificar em ouro. Fiz alguns aportes e hoje decidi que só volto a aportar nele quando atingir a IF. Motivo: pra um portfolio de crescimento como o meu acho que não faz sentido ter ouro, pois este se destina à proteção do capital, não ao crescimento. Liquidez D+7, alocação 3,3%

GRIPEN FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO: espelho do fundo SPX Nimitz, um multi-mercado de excelente rentabilidade nos últimos anos. Liquidez D+30, alocação 8,3%

GARDE D ARTAGNAN XP FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO: outro multi-mercado super badalado... entrei ha pouco tempo e tem ido bem. Liquidez D+60, alocação 8,3%

Esta carteira acumula rendimento de 8,63% este ano, já líquido de impostos.

Este post não é nenhuma recomendação de investimento (muito pelo contrário). É só para mostrar os caminhos tortuosos de um pequeno investidor, em princípio construindo uma reserva de emergência e agora em busca da independência financeira. Até a próxima !

Nenhum comentário:

Postar um comentário